A batalha por nada

A batalha travada nas redes sociais no Brasil, mostra o quanto o povo brasileiro não aprendeu nada com a velha política. Tudo continua igual, a única diferença é, que agora quem discute não aceita opiniões contrárias.

Direita x Esquerda, uma batalha que se aflorou no Brasil em 2015 com movimentos como o MBL e Catraca Livre sendo orientadores de uma massa de manobra totalmente manipulável. O momento político da época se mostrou também um convite para um político que pouco se falava no país, um mero desconhecido, que passou a usar a internet como trampolim para tentar alcançar uma presidência com seus ideais de combate ao crime, e a corrupção.

Jair Messias Bolsonaro surgiu do nada depois de quase 30 anos como deputado federal, para ser o salvador da pátria, sendo o “único” político honesto do país, defensor dos bons costumes e da família tradicional.

Esse discurso vem atraindo milhões de fãs pelo país, pessoas que estão desacreditadas na política, e o enxergam como uma mudança. Eu, particularmente, respeito muito as pessoas que irão votar em Bolsonaro, ele realmente representa essa vontade de mudanças, tão necessárias para o bem da nação. Porém, ao mesmo tempo que respeito, sinto pena, pois, essas mesmas pessoas estão sendo enganadas, por este homem a quem chamo de O Grande Fanfarrão.

Essa batalha é um erro. Sim, todos que estão disputando seu presidente, estão esquecendo que o presidente não comanda o país sozinho. Logo, um homem, ou mulher, seja quem for, não irão conseguir mudar o país apenas com suas vontades.

E você sabe quem estão sendo esquecidos? Você lembra em quem votou para deputados estadual e federal? E para o senado?

Eu também deixei de responder algumas dessas indagações. Foi quando passei a perceber que essa guerra na internet pode está sendo perdida por todos.

Os deputados e senadores, eles são realmente quem mandam. São eles os representantes do povo, peças fundamentais para o sucesso ou fracasso de um governo. Não vai adiantar nada, colocar a pessoa mais legal e honesta do mundo como presidente, se o legislativo é repleto de ladrões e facções criminosas. São esses políticos que devemos combater.

A disputa pelo Centrão mostrou isso. São sempre as mesmos rostos, desde 1989 se perpetuaram em suas posições, colocando seus famílias, e sugando de forma absurda o dinheiro público. E mesmo assim, são importantes para decidir os rumos de um pleito eleitoral.

Chegou a hora de direita e esquerda juntarem suas forças, esquecerem por um momento os presidenciáveis e começar uma caça aos “ratos” que continuadamente roem a força dessa nação. Se isso acontecer, finalmente essa batalha terá sentido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s